Como emagrecer mais rápido e sem remédios

Como emagrecer mais rápido e sem remédios

Vou mostrar agora como conseguir uma “overdose” em seu processo de emagrecimento de forma saudável e o mais importante, sem medicamentos.

Todas essas dicas estão relacionadas com o metabolismo humano eis a palavra chave para melhora nosso emagrecimento. A quantidade de peso perdida neste processo varia de pessoa para pessoa, fatores como IMC, TMB, freqüência cardíaca entre outros podem influenciar diretamente na sua perda de peso.

Primeiro vamos saber o que é metabolismo e como funciona em nosso corpo.

(a explicação apresentada aqui foi escrita voltada para a dieta não iremos nos aprofundar em termos científicos)

O metabolismo é o conjunto de reações químicas responsáveis pelos processos de síntese e degradação dos nutrientes na célula. O metabolismo é definido pelas suas duas formas:

Anabólico – é o processo de síntese onde são formados os compostos.
Catabolismo – é o processo de quebra dos compostos, em uma dieta o organismo está neste estado metabólico

O metabolismo é o maior responsável quando o assunto é perda ou mesmo ganho de peso. Um metabolismo lento é mais propício ao ganho de massa (seja ela muscular ou adiposa) enquanto o metabolismo rápido está mais disposto a perda de peso (mais cuidado para não perder massa muscular em vez de massa adiposa).

Aprenderemos algumas dicas para regular nosso metabolismo para uma dieta de perda de peso ou mesmo para quem deseja ganhar uns quilinhos a mais.

Para quem deseja emagrecer é sempre bom verificar inicialmente o seu limite calórico diário, para fazer esta verificação leiam a nossa matéria “Dieta dos Pontos – Parte 2 – Calculando seus Pontos”, depois de verificado o seu limite comece a comer apenas 5% a menos do que seu limite. Por exemplo:
Se o seu limite diário for de 1.500 calorias, então o recomendado é você começar a sua dieta com 1.425 calorias. E ir aumentando 5% a cada 2 ou 3 semanas.

Você deve está se perguntando, só que seu eu comer a metade do que eu posso, vou emagrecer em dobro, então qual é a vantagem de comer apenas 5% a menos?

Para isso tenho 2 respostas dignas. A primeira é que será mais fácil começar a sua dieta sem ser radical o que evitará passar fome e dará ao organismo tempo para ir se adaptando a sua nova alimentação.

Por ultimo se você comer somente a metade do que você pode comer sem duvidas emagrecerá mais rápido porem os danos serão muito maiores pois começará a entrar no efeito Platô, que é quando seu organismo se acostuma com a quantidade de calorias e começa a trabalhar mais lento e ai você terá 2 opções, ou diminuir mais sua calorias (para quem já estava comendo apenas a metade do que podia é difícil diminuir ainda mais) ou aumentar sua quantidade de calorias por uns 2 ou 3 meses (o que poderá causar um ganho de peso) e depois reduzir-lo novamente.

Acredito ser a melhor poção diminuir lentamente em média de 5 em 5 por cento.

Agora vamos mostrar como acelerar seu metabolismo, saiba que quanto mais rápido ele estiver maior será a perda de peso.

Comer várias vezes ao dia.

Cada vez que ingerirmos um alimento o nosso metabolismo acelera no processo de digestão, ficar muito tempo sem se alimentar faz com que nosso corpo comece a preservar energias fazendo assim nosso metabolismo ficar mais lento.

O recomendado é fazer pelo menos 6 refeições ao dia comendo pequenas quantidade em cada uma delas. Este processo alem de deixar o seu metabolismo sempre veloz faz com que seu estomago reduza até 35% e você ficará satisfeito com pequenas quantidades.

Atenção: muito cuidado com os alimentos que irá ingerir, nada adianta comer várias vezes é não está prestando atenção em seu limite calórico, então faça as contas e divida os alimentos durante o dia.

Alimentos que aceleram o metabolismo

Dá preferência a certos tipos de alimentos ajuda o seu processo metabólico, os carboidratos são um exemplo deles (então nada de dispensar o arroz com feijão), eles fornecem bastante energia para os músculos, ao sistema nervoso e as células do sangue. Mas atenção sempre prefira carboidratos com baixo indicie de glicogênio (Leite integral, Iogurte sem sacarose, Maçã, Feijão manteiga, Feijão de soja, Lentilha, Amendoim, Frutose)

As gorduras ajudam muito no metabolismo. Retardam a digestão do carboidrato e permitem que a energia seja gasta de forma mais homogênea. São classificadas em:
• Amigas: ajudam a limpar as artérias. Fontes: castanha-do-pará, de caju, amêndoa, amendoim, nozes, pinhão, pistache, azeite de oliva extra virgem, abacate, semente de abóbora, gergelim e girassol.
• Inimigas: entopem as artérias e devem ser evitadas. Fontes: manteiga, chantilly, bacon, lingüiça, margarina e gordura vegetal hidrogenada.

E por ultimo as proteínas ajudam a formar os músculos e diminuem a ingestão de carboidratos, mais sempre prefira as proteínas magras como o lagarto, patinho, rosbife, peixe, frango, ricota, queijo minas tipo frescal, ovo, soja e derivados.

Atividade Física

Eis a mais importante para o aumento do metabolismo, mas quando digo atividade física não é somente ir a academia, lavar o carro, limpar a casa, cuidar do jardim, ir a pé ao trabalho, escolher as escada ao elevador, levar o cachorro para passear, tudo isso conta como atividade física e acreditem ela é responsável por 50% da aceleração metabólica.

E temos outro benéfico, com a atividade física iremos ter músculos, os músculos gastam energia e assim mesmo parado você terá um metabolismo acelerado.

Essa matéria foi uma introdução ao processo metabólico e algumas maneiro de tirar algum proveito dele. Em breve voltaremos só com dicas de como acelerar o metabolismo, então não deixem de visitar sempre o blog, deixar seus comentários com pedidos. Lembrando que a atualização do Dieta na Rede é diária então não deixe de visitar.

Até a próxima e…

Um Beijo do Ex-Gordo!